Muita gente ainda pensa duas vezes antes de contratar um arquiteto para sua obra. Normalmente, a motivação é a crença de que um arquiteto é apenas mais uma forma de encarecer a obra. O que não se sabe é que ocorre exatamente o contrário.

Com habilidades técnicas, criativas e funcionais, o arquiteto reúne plenas condições para planejar uma obra de modo a otimizar tempo, recursos e soluções. Os efeitos positivos são claros na concepção e execução da obra, e até muito tempo depois da sua conclusão. Sendo assim, contratar um arquiteto para sua obra é um grande investimento, e não um gasto supérfluo.

Ainda tem dúvidas?

Planejamento e otimização da obra de acordo com as suas expectativas e necessidades

Sabe aquela obra que parece não acabar nunca, com gastos imprevistos a todo momento? E que quando é finalizada, tem erros grosseiros, com um resultado bem diferente daquele que você sonhava? Quem contrata um arquiteto não passa por esse desgosto. Nada de comprar material a mais ou a menos e, ao final, após semanas de atraso, correr o risco de ter uma pilastra “intrusa” no meio da sala.

O arquiteto está preparado para traduzir seus desejos e necessidades para um projeto arquitetônico. Na prática, isso significa que esse profissional é capaz de fazer todo o planejamento da obra. Ele estabelecer de antemão os custos com materiais, acabamentos e gastos gerais. O objetivo é fazer com que eles se adaptem ao seu orçamento, ao seu prazo e à sua expectativa com o resultado final.

Além disso, dependendo do tipo de contrato que for firmado com o arquiteto, ele pode se responsabilizar também pelo acompanhamento da obra e por projetos complementares – elétrico, hidráulico, decoração, etc. Em resumo, o arquiteto é o profissional que tem a visão global da obra. Isso permite que ele identifique problemas e aponte soluções direcionadas para a satisfação das suas demandas.

As melhores soluções para uso e aproveitamento dos espaços

Aquele antes e depois de transformações de casas que vemos em reality shows de arquitetura, que transformam cômodos desorganizados em ambientes dignos de um catálogo de revista, não é truque de televisão. É o resultado da expertise de um arquiteto.

Ao elaborar o projeto, o profissional apresenta uma proposta que leva em conta o bom aproveitamento dos espaços disponíveis, a ergonomia, a circulação e o seu conforto. Cada projeto é único e personalizado, pensado a partir das suas necessidades. Consequentemente, o resultado final apresenta não só um impacto visual positivo. Ele também interfere positivamente no bem-estar de quem habita o espaço transformado.

Valorização do imóvel

Um imóvel cuja construção original ou reforma tem a assinatura de um arquiteto é naturalmente um imóvel com um uso mais racional do terreno e dos espaços, com ambientes únicos e bem solucionados. Em outros termos, é um imóvel com padrão acima do convencional e qualidade diferenciada. Por uma lógica bastante simples, a casa ou apartamento construído ou reformado por um arquiteto tem seu preço de mercado valorizado.

Ótimo custo-benefício

Ao decidir contratar um arquiteto, certamente você terá que dedicar uma parcela do orçamento para os honorários deste profissional. Mas considerando-se todos os benefícios citados anteriormente, reservar dinheiro para contratar um arquiteto tem muito mais o perfil de um investimento do que de um gasto.

A curto prazo, o arquiteto é importante para a previsão de gastos e gestão racional de materiais e recursos. Isso garante economia no transcorrer dos trabalhos. A médio e longo prazo, o resultado final da obra influencia positivamente a qualidade de vida dos moradores e a valorização do imóvel em função das boas soluções apresentadas. Conclusão: a contratação de um arquiteto tem uma ótima relação custo-benefício.