faculdade de arquitetura

9 ótimas carreiras para quem acabou de sair da faculdade de arquitetura

Não tem nada melhor do que descobrir, ainda na graduação, que o seu curso promete uma área de atuação vasta e variada. Quem está na faculdade de arquitetura ou acabou de sair costuma fazer essa descoberta.

Agora, se você ainda não parou para pensar a esse respeito, vai adorar o nosso artigo de hoje, com as 9 possíveis profissões para quem acabou de se formar ou está concluindo o curso de arquitetura.

Leia até o fim:

1) Projetista

Bem óbvio, não é? Mas vamos começar pelo básico. Essa área é concorrida, mas o seu campo de atuação é bem amplo. Muitas das profissões de que vamos falar abaixo precisam de um bom projetista.

Em todo caso, se pretende trabalhar nessa área, pode ir afiando os seus conhecimentos de softwares e tirando um tempo para otimizar o uso deles.

2) Urbanismo

Os rumos que a urbanização vai tomar nos próximos anos ainda é um mistério. As possibilidades de crescimento das cidades dão sinais claros de esgotamento e o espaço urbano se torna mais sufocante a cada dia.

À medida que a internet evolui, as cidades mudam. Hoje, o trânsito se tornou um grande empecilho para o deslocamento e muitas atividades que antes eram presenciais passam a ser feitas online.

A reorganização das cidades e a sua humanização devem ficar por conta dos arquitetos, nos próximos anos. Bela oportunidade de se tornar bem-sucedido e ainda deixar a sua cidade mais bonita, não é mesmo?

3) Paisagismo

Uma das formas de fazer isso é com o paisagismo. Reconstruir áreas urbanas usando técnicas de ecologia e botânica deve se tornar fundamental nos próximos anos.

Aliás, se a tendência da arquitetura sustentável se confirmar, o paisagismo vai envolver práticas como a utilização de materiais recicláveis. Energia renovável, otimização do consumo de água e outras práticas ambientalmente corretas devem ficar mais comuns.

Se tiver interesse por essa área, não espere sair da faculdade de arquitetura para se informar a respeito.

4) Design

A visão artística que um estudante de arquitetura adquire na graduação permite que ele se dedique a várias outras áreas. E as mais comuns dentre elas são o design e o web design.

Com o desenvolvimento do marketing digital, essas áreas passaram a ser muito procuradas e, por causa do desequilíbrio entre oferta e demanda, também são relativamente bem pagas e estáveis.

Elas permitem certas vantagens difíceis de alcançar para outros tipos de profissionais: home office (possibilidade de trabalhar em casa), nomadismo digital e outras comodidades inimagináveis há 5 ou 10 anos.

Se você nunca considerou essa possibilidade, saiba que o currículo básico da faculdade de arquitetura é muito semelhante à formação que os designers recebem nos primeiros anos de curso.

5) Fotografia

O raciocínio aqui é o mesmo. As regras estéticas que orientam o trabalho do fotógrafo são as mesmas para o designer. Assim como naquela profissão, o arquiteto que se dedicar à fotografia vai encontrar ótimas oportunidades como freelancer.

6) Direção de arte

Algumas pessoas apresentam muita facilidade de enxergar como as partes de um trabalho ou setor de uma empresa se encaixam.

Elas costumam ser menos atentas a detalhes e compreender melhor o todo. Se você é esse tipo de pessoa, pode fazer a direção de arte de algum setor criativo empresarial.

A formação generalista que um arquiteto recebe nos primeiros anos da sua graduação favorece muito aqueles que optarem por essa profissão.

7) Restaurador

Ainda pensando sobre as possibilidades de recuperação do ambiente urbano, a faculdade de arquitetura permite que o graduado siga a carreira de restaurador.

Seja pela ótica do paisagismo, como já dissemos, ou outra qualquer, a restauração do espaço urbano deve entrar para a lista de prioridades de governos e ONGs nos próximos anos.

8) Educador

Não foi à toa que escolhemos a palavra “educador” e não “professor”. De certa forma, são sinônimos, mas não queremos dizer que você tenha necessariamente que começar sua carreira na sala de aula.

Essa é uma ocupação nobre e muito boa para o início da sua profissão: você pode lecionar em cursos técnicos, de desenho, dar aulas de utilização de softwares como o AutoCAD e muito mais.

Ou educar seus possíveis clientes e novos arquitetos com um blog na internet e conteúdo em vídeo. Esta última opção é especialmente atraente. O EAD – Ensino à Distância – ganha novos adeptos a cada dia.

9) A faculdade de arquitetura e o empreendedorismo

Nesta época em que vivemos, empreendedorismo é necessário não apenas para quem empreende, mas para todo tipo de profissional.

Pareceu confusa essa afirmação? Bem, o que queremos dizer é que o mercado de trabalho não tem mais regras rígidas e imutáveis como antigamente e todos os arquitetos dependem demais de adaptabilidade para sobreviverem ao mercado.

E esse é um contexto que não tem muito a ver com a crise econômica. É apenas uma resposta a este período de inovações: internet, novas tecnologias e imensa facilidade de compartilhamento de informações.

Essas facilidades abriram caminho para o espírito empreendedor não apenas do arquiteto, mas de qualquer tipo de profissional. Não deixe de aproveitá-lo para testar suas habilidades empreendedoras.

Se, ao final dessas experiências, você perceber que prefere o conforto de um emprego estável – em vez de uma rotina de altos e baixos de um empresário – pode ter certeza de que terá desenvolvido habilidades que vão fazê-lo se destacar na sua empresa.

Conclusão

As opções que apresentamos aqui podem ser desdobradas em outras facilmente. A área de design, por exemplo, pode ser dividida em design de produto, web design, design industrial…

Como educador, o arquiteto pode lecionar tantas disciplinas diferentes que chega a ser difícil enumerá-las. Qual profissional não gostaria de se deparar com uma dúvida dessas, não é mesmo?

Esperamos que, depois de ler este texto, você passe a enxergar a faculdade de arquitetura com outros olhos.

A formação do arquiteto fornece naturalmente algo que é cada vez mais valorizado nos dias de hoje: a versatilidade. Pense nisso de agora em diante e você vai estar pronto para os novos tempos do mercado de trabalho!

Ah, e aproveite para aprender como divulgar o seu trabalho na internet com o nosso artigo Você sabe como construir sua presença online em arquitetura?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *