reformando a casa

Reformando a casa: 4 dicas rápidas para evitar contratempos

Para quem está reformando a casa e é marinheiro de primeira viagem, uma obra pode fugir do controle e se transformar numa grande dor de cabeça.

Prazos e custos podem aumentar muito e até inviabilizarem a sua reforma, se você cometer alguns erros básicos.

Tem certas coisas que não é necessário experiência para aprender. E como a gente sabe que aprender com base em tentativa e erro pode custar caro e atrasar tudo, vamos te dar 4 dicas para evitar contratempos. Acompanhe:

1) Prepare os cômodos para a reforma

Muita gente deixa para cobrir os móveis e retirar objetos frágeis do local um dia antes de começar ou durante a própria reforma.

Fazendo isso, você corre riscos desnecessários, e pode ter prejuízos com bens que quebram ou se perdem. Planeje a adaptação do espaço da sua casa para a obra com antecedência.

Se possível, prepare o espaço de modo a separá-lo do espaço familiar. Afinal, uma obra dentro de casa gera transtornos e dividir os espaços é uma maneira de diminuir o incômodo.

2) Planeje a obra

Aliás, não é só essa etapa que deve ser pensada com antecedência. Aqui no blog, gostamos de bater nessa tecla: não importa se o que você vai fazer é uma obra ou apenas uma reforma, planeje todas as etapas.

Tenha um orçamento e um cronograma, saiba com antecedência os materiais que serão utilizados e a quantidade necessária.

Isso evita imprevistos e, principalmente, gera economia para a sua obra. Afinal, com a lista pronta com antecedência, você pode fazer vários orçamentos e pechinchar à vontade.

3) Pense nos contratempos quando estiver reformando a casa

E já que falamos em planejamento, lembre-se de deixar tempo nele para os imprevistos. Quem já está acostumado com obras sabe que os contratempos sãos muitos: podem envolver os profissionais, a chegada do material, atrasos por motivo de chuvas…

Enfim, dá muita tranquilidade saber que o cronograma é flexível quando estamos reformando a casa. Deixe uma margem nos seus prazos para a mudança de planos.

4) Não tente fazer tudo sozinho

Se você está lendo este texto, sua proposta deve ser fazer você mesmo a sua obra. Isso é muito bom, econômico e um grande aprendizado para quem gosta de colocar a mão na massa.

Porém, pode ser que você se depare com tarefas que são simplesmente impossíveis para quem se propõe fazer a obra bem feita.

Execute a maior parte do trabalho, mas não hesite em contratar um profissional para essas tarefa específicas. Tentar resolver tudo sozinho pode fazer com que você se irrite, perca tempo e dinheiro.

Sem mencionar a chance de causar dano a alguma parede, piso, instalação ou estrutura por desconhecimento e ter que arcar com as dores de cabeça e gastos que isso pode gerar.

O “faça você mesmo” é uma ótima maneira de economizar e, muitas vezes, o único jeito para quem está reformando a casa.

Com um bom planejamento, margem para atrasos e preparando os cômodos com antecedência, você, a sua família e os seus vizinhos vão se surpreender com a qualidade dos resultados!

Quer mais dicas sobre como otimizar a sua obra? Então confira o nosso artigo com as 8 dicas para economizar na construção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *