Nem sempre renovar o visual da sua casa exige grandes reformas. Em alguns casos, basta mudar detalhes simples, como o revestimento de parede, para que os ambientes fiquem com cara nova.

Se você gostou da ideia e pretende modificar as cores dos cômodos do seu imóvel, continue lendo este artigo. Nele, vamos citar 6 diferentes tipos de revestimentos para você se inspirar e transformar o seu lar. Não perca!

 

1. Porcelanato

Outra opção de revestimento de parede muito popular e que pode trazer vários efeitos à decoração é o porcelanato. Versátil e prático, ele pode ser aplicado em vários ambientes da casa, como a sala de estar, a cozinha, o banheiro, a área externa, dentre outros. Além disso, o porcelanato é um material de muito fácil limpeza e manutenção.

Disponível em vários modelos, cores e tamanhos, o porcelanato é ideal para substituir outros tipos de revestimento, mais caros e menos ecológicos.

É o caso da madeira, por exemplo, que pode ser substituída por um porcelanato que imita esse material. Assim, esse revestimento se torna uma alternativa mais correta e sustentável.

Há, ainda, os porcelanatos que imitam outros tipos de revestimento em pedras. Seguindo essa linha, uma tendência que está muito em alta na decoração é o revestimento que lembra o ladrilho hidráulico.

E já existem no mercado porcelanatos que se assemelham muito a esse material.

2. Pedras

Engana-se quem pensa que as pedras são revestimentos exclusivos de fachadas e paredes externas. Nas áreas internas da casa elas também podem ser instaladas e conferir à decoração um aspecto super atual e arrojado.

Para o interior do imóvel, a indicação é que as pedras sejam utilizadas de modo mais comedido. Dessa forma, o seu uso não deixa o ambiente cansativo, nem carregado demais.

Então, é interessante aplicar as pedras em paredes menores ou em certos detalhes dos cômodos. Em paredes de escadas, por exemplo, elas são muito bem vindas. Outras sugestões de locais em que elas podem ser instaladas são: em lareiras, na parede da mesa de jantar, no hall de entrada, no painel da TV, dentre outros.

3. Cimento e concreto aparente

Devido ao seu caráter mais rústico, podem ser uma ótima opção tanto para a área externa, quanto para a área interna do imóvel. Além do mais, eles necessitam de menos cuidados se comparados a outros revestimentos existentes.

4. O uso de pastilhas como revestimento de parede

Disponíveis em diversas cores e materiais diferentes, as pastilhas são pequenas peças que, posicionadas na forma de mosaico ou em blocos de cor única, adicionam charme e personalidade aos cômodos da casa. Elas já são muito populares na decoração de casas e apartamentos, devido à sua dinamicidade.

As principais vantagens das pastilhas são o preço e a possibilidade de ampliar os ambientes. Devido ao seu tamanho reduzido, ao serem posicionadas lado a lado, conferem a impressão de que a parede é muito mais ampla.

Outra boa notícia é que elas podem ser usadas também em vários tipos de ambientes, tanto os de muita umidade, como banheiros e cozinhas, quanto os locais mais secos, como salas e corredores.

5. Coco

A opção sustentável da nossa lista é o revestimento em coco, diretamente extraído da fruta. Por ser um material 100% natural, a sua instalação nos cômodos da casa lhes confere mais rusticidade.

Como as peças feitas da casca do coco apresentam cores fortes, o ideal é posicioná-las em paredes pequenas, em que não serão posicionados muitos móveis e artigos de decoração. Quanto ao tratamento, se instaladas em ambientes externos, requererão maiores cuidados.

Agora que você tem um arsenal completo de tipos de revestimento de paredes, está na hora de iniciar a reforma da sua casa. Mas, antes, não deixe de conferir as nossas dicas rápidas para evitar contratempos!